Quer ela

4.6.08

Devaneia demais,demais. Deixa terra pra trás e não sabe o que faz. Só quer paz. Lá jaz pazciência. Aqui faz displiciência.Tudo dentro e entre ela. Em três linhas, entrelinhas. Querela.
.(Minha querela:
quero tempo.)

4 sinapses:

MH disse...

Li esse poema e o de baixo e achei bem legal...tem um lance meio "concretista" (acho que é esse nome, faz muiiiiiiiiiiiito tempo que sai da escola) rsrs
enfim, nao importa o estilo, mas é bacana.

Em tempo...o que é uma garota cheia de celestices?

rrsrs

César Fernández disse...

adoro as tuas rimas :]

Guilherme Assen disse...

De fato, um talento literário!

Minha Querela... Tenho tantas, mas sou obrigado a concordar: Queroras!

Pimpão disse...

Obrigado fui criança agora!
Cor forma tempo – muito cuidado.